in

Diário de Bordo – Primeiro Registro

Apesar de passados mais de dois anos de várias atividades desenvolvidas pelos compostonautas, tanto de estilo solo quanto partilhado, ate agora não tínhamos o nosso Diário de Bordo. Mas, aceitando de muito bom grado a sugestão do nauta Beto Grilo – valeu pela dica, Betão!, eis que vos trago o primeiro registro do nosso logbook:

Log 001/2019 – Nova Friburgo, 20 de fevereiro de 2019

Ontem pelo setor estelar da Ponte Branca, na nebulosa Boreal Serrana Fluminense, tive a experiência de um encontro vespertino com o grupo de ousados desbravadores alistados na primeira missão Farm.lab do Nodo de Autocomando Pindorama. Um intensivo programa de 30 dias de especialização e imersão em permacultura e modelagem de empreendimentos sustentáveis.

Recebido pelo conselheiro Betu Grilus, que me acompanhou desde a condução terrestre pela agente Raiza, fui falar ao grupo sobre o Programa Compostonautas. Fui apresentado a veteranos e iniciantes dos processos da bioconversão organomineral e iniciamos uma intensa troca de saberes compostonáuticos.

Tivemos relatos de dirigentes de compostanaves dos modelos 3B-MI e 3C-MI (3 baldes/3 caixas, tipologia vermicomposta – minhocário) e também dos modelos 3B-C/N 3C-C/N (3 baldes/3 caixas, tipologia termofílica – C/N).

Ao fim da exposição de funcionamento das variadas tipologias e modelos de compostonaves, foi ativada a nau 20022019 – modelo 3B-MI, tripulada por agentes anelídeos vermelhos da classe californiana.

A compostonave, que ainda não foi batizada pelo grupo, foi ativada com parte da fonte de suprimentos coletadas durante o preparo do rancho de meio-dia e se integrou às estações de compostagem que compõem a frota da frente de reciclagem natural do Nodo Pindorama.

Todos do grupo de desbravadores do 1º Farm.lab foram convidados a conectar seus comunicadores instantâneos ao hub-WHTSPP da Rede Compostonauta, a fim de dinamizarem o enriquecimento de suas jornadas eco-evolutivas.

A galera reunida. Ao centro, a compostonave que ainda aguarda seu nome de batismo

Os lab.farmers mostraram-se satisfeitos com a imersão proporcionada pelo Nodo Pindorama e com a tarde de introdução à compostonáutica. E foram todos encorajados a colonizarem seus respectivos setores galácticos com os novos saberes, contando com o apoio da nossa grande rede.

Sem mais para o momento, esses foram os destaques sob a percepção do compostonauta que vos lavra este registro, sempre aberto à contribuição dos demais convivas.

Saudações! ?

What do you think?

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0